segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Sugestão de Leitura

Este mês destacamos o livro:
O homem que tinha uma árvore na cabeça
 de José Jorge Letria.



    Imagine-se um homem chamado Arbóreo a quem começou um dia a crescer uma árvore na cabeça, coisa que não é costume acontecer ao comum dos mortais.
    Imagine-se que tudo isto é uma forma de juntar a poesia e a ciência e de dizer aos leitores que sem cultura científica não se consegue perceber o mundo e estar preparado para o que o futuro nos reserva e que já faz parte do presente.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Dia Mundial Da Alimentação




O Dia Mundial da Alimentação é celebrado no dia 16 de outubro de cada ano para comemorar a criação em 1945 da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO). O objetivo do Dia Mundial da Alimentação é consciencializar o conjunto da humanidade sobre a difícil situação que enfrentam as pessoas que passam fome e estão desnutridas, e promover em todo o mundo a participação da população na luta contra a fome.
Todos os anos, mais de 150 países celebram este evento.
 
Este ano, o tema escolhido é "Cooperativas agrícolas alimentam o mundo".
Com este tema, a FAO pretende alertar os países para a necessidade de adotar políticas, programas e ações voltadas para a  a eliminação da fome no mundo e para assegurar a segurança alimentar de todos os povos, valorizando o papel das cooperativas agrícolas. Afinal, do número aproximado de 925 milhões de pessoas que passam fome, 70% vivem em áreas rurais onde a agricultura é a principal atividade económica.
 
 
 

 
 
 

Concurso "Liga-te aos Outros"

Este concurso destina-se a todos os jovens a frequentar a escola a partir do 7º ano e consiste na apresentação de propostas para resolução, através de actividades de voluntariado, de problemas locais que os próprios detectem. A AMI seleccionará os três projectos mais consistentes e financiará os mesmos.

 
O “Liga-te aos Outros” é um claro estímulo ao exercício do voluntariado. Mas é mais: é um estímulo ao desenvolvimento de uma consciência social, desde a juventude, uma vez que promove a identificação de necessidades na comunidade local; é um estímulo à criatividade e pro-actividade social, uma vez que são os próprios jovens que apresentam a solução para o problema detectado; é um estímulo ao profissionalismo e ao rigor, uma vez que a ficha de candidatura constitui uma proposta de projecto rigorosa, com definição de objectivos gerais e específicos, resultados, actividades, orçamento, calendário de execução, critérios de viabilidade e sustentabilidade e impacto; é um estímulo ao envolvimento dos jovens na comunidade, uma vez que 10% do orçamento apresentado terá que ser conseguido pelos próprios jovens, junto de empresas, instituições e/ ou comércio local.


A AMI espera, desta forma, alterar realidades socialmente injustas e, simultaneamente, formar os jovens, no sentido de os alertar para a possibilidade que cada um tem de melhorar a comunidade que o rodeia.


Datas 3.ª Edição


Submissão de projectos | 1 de Outubro a 14 de Dezembro de 2012

Publicação dos resultados | 22 de Janeiro de 2013

Implementação dos projectos | 1 de Fevereiro a 31 de Maio de 2013

Sessão de apresentação dos resultados | 31 de Maio a 14 de Junho de 2013

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Nobel da Literatura 2012



Mo Yan | Nobel da Literatura 2012

O Prémio Nobel da Literatura 2012 foi atribuído ao autor chinês Mo Yan anunciou, esta quinta-feira, a Academia Sueca.

 
A partir de uma mistura de fantasia e realidade, perspetivas históricas e sociais, Mo Yan criou um mundo que lembra a complexidade de autores como William Faulkner e Gabriel García Márquez, ao mesmo tempo em que encontra um ponto de partida na literatura chinesa antiga e na tradição oral. Além de seus romances, Mo Yan publicou diversos contos e ensaios sobre vários temas e, apesar de sua crítica social, é visto em sua terra natal como um dos mais importantes autores contemporâneos.
 
Mo Yan, pseudónimo de Guan Moye, nasceu a 5 de Março de 1955, Gaomi, na província de Shandong, região onde situa várias das suas histórias.Deixou de estudar pouco depois dos 10 anos, durante a Revolução Cultural, e foi trabalhar numa fábrica de óleo.Aos 20 anos, entrou para o Exército de Libertação Popular e de seguida começou a escrever. Em 1987, um ano após se ter formado na Academia de Arte do Exército, publicou Sorgo Vermelho que o lançou na fama.
 
Em Portugal, Mo Yan tem apenas um livro traduzido, Peito Grande, Ancas Largas, editado em 2007 pela Ulisseia. 
 
 O Nobel da Literatura tem um valor pecuniário de 926 mil euros e é considerado o mais prestigiado dos galardões internacionais na área das letras.

 No ano passado, o galardão foi atribuído ao poeta sueco Tomas Transtromer.

José Saramago permanece o único escritor português a ter sido distinguido com o Nobel da Literatura, que recebeu em 1998.
 

Cinema na BE

Para além das várias atividades ligadas à leitura e à pesquisa, a tua BE irá realizar várias sessões de cinema.
Assim, já no mês de outubro apresentaremos os seguintes filmes:

Relacionado com o Dia das Bibliotecas (dia 23/10/2012), poderás ver, pelas 10h, o filme O Bibliotecário:

 
 
SINOPSE:
 
Para se ser um bibliotecário, tem de se conhecer profundamente o Sistema Decimal Dewey, ser especialista em Internet e, se formos o novo bibliotecário Flynn Carsen (Noah Wyle), ter de salvar o mundo!

Wyle (E.R.) lidera um excelente elenco numa divertida e fantástica aventura recheada de ação e efeitos especiais passada à volta do mundo, partindo da biblioteca Metropolitan até à selva Amazónica, passando pelos Himalaias. Carsen, um estudante brilhante, consegue um emprego como bibliotecário, mas que, no entanto, se revela ser afinal um emprego muito especial: ser o guardião de maravilhosos tesouros como, entre outros, a espada Excalibur e a Caixa de Pandora, guardados numa zona secreta do edifício. É então que a Irmandade da Serpente, uma seita que busca o domínio do mundo, rouba da biblioteca uma das três partes da mágica Lança do Destino. Apenas Flynn, ajudado por uma bonita guarda-costas, tem os conhecimentos para travar aquele plano maquiavélico. Mas terá ele fibra de herói? Vai ter de a encontrar, pois terá de ultrapassar armadilhas mortais ou precipícios gelados em cada passo do seu caminho.
 
Já no dia 31 (Halloween), pelas 14h, poderás assistir a O Estranho Mundo de Jack:
 


Jack Skellington (Chris Sarandon) é um ser fantástico que vive na Cidade do Halloween, um local cercado por criaturas fantásticas. Lá todos passam o ano organizando o Halloween do ano seguinte mas, após mais um Halloween, Jack mostra-se cansado de fazer aquilo todos os anos. Assim ele deixa os limites da Cidade do Halloween e vagueia pela floresta.

Por acaso acha alguns portais, sendo que cada um leva-o até um tipo de festividade. Jack acaba atravessando o portal do Natal, onde vê demonstrações do espírito natalino. Ao regressar para a Cidade do Halloween, sem ter compreendido o que viu, ele começa a convencer os cidadãos a sequestrarem o Pai Natal (Edward Ivory) e fazerem o seu próprio Natal. Apesar dos argumentos fortes da sua leal namorada Sally (Catherine O’Hara) contra o projeto, o Pai Natal é capturado. Mas os factos mostrarão que Sally estava totalmente certa.
 
Aproveita e vem à Biblioteca!



terça-feira, 2 de outubro de 2012

Mês Internacional das Bibliotecas Escolares



O Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares decidiu declarar o dia 22 de outubro como o Dia da biblioteca escolar.

“Para celebrar esta data, a IASL propôs, como habitualmente, um tema aglutinador: Bibliotecas escolares: uma chave para o passado, presente e futuro.

Uma chave para o passado, porque sem memória e transmissão do conhecimento seria impossível receber a herança e património de saberes, que hoje nos identifica a todos; uma chave para o presente, porque só através do domínio da informação e gestão do conhecimento, que configuram a nossa era, podemos dar continuidade a esse legado, enriquecê-lo e projetá-lo no tempo; uma chave para o futuro, porque este dependerá sempre da ação, expectativas e capacidade de gerir as mudanças com que o desejamos tecer.

As bibliotecas são uma das criações humanas que melhor cumprem este desígnio, de perpetuar, gerar e promover o conhecimento, no sentido de uma sociedade mais culta e instruída. A importância particular das bibliotecas no campo educativo faz delas uma das chaves maiores deste desígnio.”